Três aplicativos simples (e muito legais!) para te ajudar a estar mais conectado. 

Img 1

Olá membro da família Savelli! Se você curte aplicativos, busca se desenvolver e não abre mão de objetividade e praticidade, há grandes chances de você adorar esse post. 

Muito se fala sobre conexão, sobre o “poder que está nas mãos”. Afinal, o que é que você não consegue fazer com um smartphone, certo? A lista não é tão longa. Mas o que essa facilidade em estar conectados ao universo digital nos toma? Será que há formas de usar a tecnologia para estarmos em conexão com nosso interior e valores? Com nosso aprimoramento? Com ideias e histórias que possam nos ajudar a crescer? 

Hoje separamos três dicas de aplicativos para te ajudar a estar mais conectado… Com você mesmo! Confira na lista abaixo: 

Nota: abaixo de cada dica, você poderá conferir um “FATOR NÃO ÓBVIO” que fizemos questão de trazer como uma visão não tão óbvia assim a respeito do uso de cada App/funcionalidade. 

01 – Day One – Journal. 

Pense nesse app como uma versão prática, visual e muito significativa do velho e bom diário. Nele você pode fazer relatos, anotar insights ou até mesmo construir pequenas histórias sobre como foi o seu dia, por exemplo. 

FATOR NÃO ÓBVIO: Bem, para além de toda a carga sentimental e estereótipos que acompanham os diários, você pode usar este como um monitor de ações, para alinhamento de estratégia. Que ações você pratica todo dia para que tudo flua bem em seu negócio ou trabalho? O Day One pode te ajudar a mapear essas ações e aplicá-las em novos momentos! E claro, um pouco de desabafo ou uma conversa franca consigo mesmo, nunca fizeram mal a ninguém. 

02 – Lumosity – Treinando o cérebro. 

Imagine que um grupo de cientistas dedicou tempo e energia para estudar e entender as principais necessidades de aprendizado do seu cérebro. A partir desse estudo, eles criaram para você uma série de exercícios diários que irão lhe ajudar a melhorar seu raciocínio lógico, memória, associação criativa, etc. Isso existe e é um aplicativo. 

FATOR NÃO ÓBVIO: O Lumosity é mais que um joguinho bobo. Ele possui atividades ricas e níveis de dificuldade que você vai vencendo conforme seu desempenho melhora. Seus quinze minutos no uber ou metrô podem ser gastos de forma leve e inteligente e você estará em conexão com pontos fortes, pontos de alerta e tipos de atividade que mais lhe agradam. 

03 – Podcasts do Spotify. 

Os podcasts vêm ganhando cada vez mais espaço, fato. A produção de conteúdo relevante aumentou muito e hoje não é difícil você encontrar uma excelente série de podcasts no Spotify, com dois ou três cliques, no máximo. Agora você deve estar se perguntando: “Ok, mas porque eles podem ser considerados uma ferramenta para me deixar mais conectado comigo mesmo?” Simples: conhecimento provoca, instiga. E às vezes nos aproxima de versões de nós mesmos que nós sequer sabíamos que existiam. 

FATOR NÃO ÓBVIO: Considere ouvir um podcast sobre temas que aparentemente são distantes ao seu cotidiano, que não estão no seu círculo de interesses. Sim, experimente. Faça isso no trânsito ou quando você estiver aguardando um cliente que se atrasou. Ao final, liste pelo menos uma coisa nova que aprendeu (e que tem sim a ver com você) vivendo essa experiência. 

Essas foram as dicas de hoje e se você gostou, conte nos comentários. Aproveite para compartilhar esse post com um amigo que vai curtir esse conteúdo! 

 

Até a próxima matéria! 🙂 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Este post tem um comentário

Deixe seu Comentário

Fechar Menu